Locais de Escape Room crescem no Brasil; Entenda os Motivos

Locais de Escape Room crescem no Brasil; Entenda os Motivos

Em 2015, o Brasil foi atingido por uma febre do Escape Room. Essa modalidade diferente de entretenimento, e que surgiu de jogos de computador, está completando quase três anos em alta. Com diferentes empresas, em quase todos os estados brasileiros, é possível entender melhor como funcionam os locais. Além disso, os benefícios mentais e psicológicos, comprovados em pesquisas, também ajudam a chamar o público.

O Escape Room, ou em português Jogo de Escape, é um estilo de jogo que, inicialmente, surgiu para computador. O jogador iniciava o game em uma sala, ou algum outro tipo local, onde teria que buscar dicas, resolver enigmas para tentar encontrar uma forma de sair, seja com uma chave ou algum outro tipo de acesso. Um estilo de jogo que fez muito sucesso, já que poderia ser jogado apenas pelo navegador. Inclusive, o estilo influenciou outros tipos de games mais atuais.

Porém, o Escape Room não ficou apenas no mundo virtual. Recentemente, algumas empresas tiveram a ideia de trazer o jogo para a realidade. Elas criaram espaços físicos que simulavam os jogos de computador. A iniciativa era simples de ser executada, já que bastava trazer a ideia central do jogo de computador para a vida real. O público entraria em algum quarto e teria que buscar uma forma de sair, seguindo dicas e enigmas.

A experiência acabou se tornando um sucesso, tanto no Brasil como no exterior. Em São Paulo, por exemplo, a empresa Puzzle Room possui alguns locais onde executa o jogo. Em entrevista ao portal DCI, Rodrigo Matrone, dono da empresa, explicou o funcionamento. “Trata-se de uma sala tematizada com uma cenografia real onde as pessoas se organizam em grupos e vão jogar.” Matrone também afirma que esse estilo de jogo tem rendido um lucro satisfatório. A empresa teria um faturamento de 45 mil reais por mês.

No exterior, o sucesso de público, e financeiro, parece ser ainda maior. Em pesquisa divulgada pelo The New York Times, os números de Escape Room tem crescido bastante. Nos Estados Unidos, por exemplo, existem quase três mil empresas neste ramo. Elas conseguem, em média, um faturamento de 125 mil dólares por mês, em caso de sucesso com o público.

A reportagem também explica que a primeira empresa do ramo de Escape Room é de Kyoto, no Japão. A Scrap teria criado o conceito em 2007 e, desde então, conquistado o mundo. Atualmente, a empresa japonesa possui mais de quatro espaços ao redor dos Estados Unidos, sendo o primeiro em São Francisco, na Califórnia. Ou seja, um tipo de entretenimento que faz sucesso em todo lugar do mundo.

Os benefícios para saúde mental

Se engana quem pensa que o Escape Room serve apenas como entretenimento. O estilo de jogo também é responsável por alguns benefícios mentais e psicológicos. Por ser um jogo que requer raciocínio, ajuda mútua e muita atenção, as pessoas que participam estão a todo momento exercitando diferentes aspectos, como comunicação, memória e também raciocínio lógico.

Um artigo divulgado pelo pesquisador Joseph Mercola, da Universidade de Illinois, nos Estados Unidos, explica alguns dos benefícios de se enfrentar desafios mentais constantes. “Existe uma relação entre atividade cognitiva frequente, durante a vida, e o declínio mental das pessoas. Quanto mais tivermos atividade, menor será o processo de falecimento dos nossos meios cognitivos”, aponta o estudo.

Ou seja, os desafios do Escape Room fazem o nosso cérebro trabalhar e ser mais ativo. Outro benefício é o aspecto social do jogo, já que as pessoas ficam presas em grupo e precisam pensar juntas na solução. Uma pesquisa da Universidade de Simon Fraser, no Canadá, realizou estudos focando exatamente nos benefícios sociais.

Nós conduzimos uma observação de 38 locais de escape room para entendermos como as pessoas colaboram umas com as outras. Nosso resultado é que esses jogos dão a oportunidade para as pessoas praticarem diferentes habilidades sociais, seja de comunicação ou então de colaboração em grupo”, relata o estudo canadense.

Todos os benefícios citados podem ser ainda maiores quando as pessoas conseguem solucionar os enigmas e escapar do local. Isso por conta de algo conhecido como o “Efeito do Vencedor”. É uma forma que o nosso próprio corpo, na liberação de algumas substâncias, nos recompensa por conseguir vencer algo desafiador. O portal da Betway Casino produziu um infográfico que explica de forma simples e direta esse momento, que pode ocorrer em um jogo online ou então em qualquer situação de desafio mental.

Temas e onde jogar

Após alguns anos, o Escape Room já não é difícil de encontrar. Atualmente, praticamente todas as grandes cidades do Brasil possuem um local. Com uma simples pesquisa na internet, é possível encontrar e entender como funciona cada lugar. É preciso sempre juntar um grupo de pessoas e, normalmente, agendar um horário para chegar no jogo. Toda essa aventura costuma durar cerca de 60 minutos.

Outro aspecto que vale a atenção são os temas. Por existirem diferentes locais, as empresas ficam variando de temas quase sempre. Ou seja, se procura algo relacionado a tecnologia, ou então algo mais histórico, é só buscar pelo tema e encontrar um que agrade mais. O Escape Room foi criado com o intuito de se adaptar para quem joga e, assim, gerar mais diversão.

Se você já jogou esses jogos para computador, ou então apenas ficou na curiosidade pelo estilo do entretenimento, vale a pena procurar e conferir. Além de uma diversão que pode durar até uma hora, também vale pela saúde mental e pela aprendizagem de trabalhar em grupo para encontrar a saída.

Fonte Original

Siga e curta nas redes sociais:

Deixe uma resposta