Cinema no Aconchego do Lar- Do Fundo do Mar – Cultura Pop A Rigor

Cinema no Aconchego do Lar- Do Fundo do Mar – Cultura Pop A Rigor

Deep Blue Sea
Direção : Renny Harlin
Elenco: Saffron Burrows, Thomas Jane, Samuel L. Jackson, Michael Rapaport, LL Cool J, Stellan Skarsgard
EUA, 1999

Olha o Tuba! Do Fundo do Mar deve ter sido exibido umas trocentas vezes nas sessões Cine Espetacular/Tela de Sucessos da emissora do homem do baú (talvez no Cine Belas-Artes também, hahaha) mas, acreditem, nunca tinha assistido esse filme inteiro até agora. Já havia visto até a metade, mas foi dia desses que, enfim, conferi todos os 105 minutos dessa obra perpetrada pelo diretor Renny Harlin (de Duro de Matar 2 e Risco Total).

A premissa é das melhores e o filme não decepciona. Em um laboratório submarino, a doutora McAlester (a subestimada Saffron Burrows) e sua equipe desenvolvem uma fantástica pesquisa com tubarões. Segundo a moça, os animais possuem em seus cérebros uma proteína que pode curar o Mal de Alzheimer (!). Para atingir seu objetivo, ela modifica o DNA dos bichões, deixando-os mais inteligentes. Óbvio que isso vai dar merda. Quando uma tempestade tropical atinge o lugar, os tutubarões iniciam um plano para escapar para o oceano (sério) e começam a perseguir a galera.

Do Fundo do Mar está longe de ser um filmaço como o recente Águas Rasas ou, claro, o clássico Tubarão, mas é divertido a beça. Se o CGI não é dos melhores, tem os animatrônicos que são bem bacanudos. O suspense é nulo. Você sabe o tempo todo quem vai viver ou morrer (exceto no final, que, confesso, conseguiu me surpreender) e o roteiro não consegue fazer você se importar com nenhum dos petiscos em potencial, mas isso é o de menos. O que conta são os diálogos tolos, as mortes toscas (a do Samuel L. Jackson é um clássico) e as sequências de ação exageradas que Harlin faz tão bem.

 Chama a atenção também o elenco da obra. Além dos já citados Jackson e Burrows, tem ainda o Thomas Jane (fez o pior filme do Justiceiro de todos, mas escalem esse cara se forem fazer mesmo o remake de Highlander), Stellan Skarsgard, Michael Rapaport e o rapper da época, Ll Cool J. Quase todos cientes de que não é pra levar nada daquilo muito a serio.

Ao contrário das tosquices da Asylum como a série Sharknado (que eu vi quase todos os “filmes” porque sou doente), Do Fundo do Mar é uma aventura sem-vergonha, mentirosa e realmente divertida com tubarões feita por um cineasta de verdade.

Matéria Original

Siga e curta nas redes sociais:

Deixe uma resposta