Chatbots pessoais estão indo para colocar o social nas mídias sociais

Chatbots pessoais estão indo para colocar o social nas mídias sociais

 Chatbots pessoais estão indo para colocar o social nas mídias sociais
[19459006

Chatbots pessoais estão indo para colocar o social nas mídias sociais

Uma das tendências mais quentes de marketing digital nos últimos 18 meses foi o surgimento de chatbots. Esses são essencialmente trechos de código muito inteligentes que permitem aos profissionais de marketing automatizar determinados processos cotidianos que costumavam exigir humanos.

A grande questão, é claro, é se os chatbots podem cumprir sua promessa de verdadeira interação pessoal um-a-um.

Experiência de atendimento ao cliente de hoje

O lugar mais fácil para ver como os chatbots pessoais podem colocar o “social” de volta nas mídias sociais é considerando a típica experiência de atendimento ao cliente. Essa experiência provavelmente inclui chamar uma empresa, esperar em espera por alguns minutos, ser transferido para o representante de atendimento ao cliente certo, aguardar em espera novamente, ouvir música estúpida de que você não gosta e depois ter que repetir a mesma informação. repetidamente toda vez que você é transferido para alguém novo. Em suma, a atual experiência de atendimento ao cliente é uma merda.

Além disso, as empresas estão trabalhando arduamente para cortar custos, o que torna quase impossível até mesmo encontrar o número de telefone certo para chamar, em primeiro lugar. Eles não querem que você fale com um humano porque eles têm que pagar esse ser humano para atender sua ligação. Então eles encaminham você para uma página de FAQ sem valor. Ou eles tentam fazer com que você envie sua pergunta por meio de algum tipo de ingresso on-line, para que eles possam fazer o farm center de baixo custo no exterior.

Digite o chatbot

É aí que os chatbots entram em cena. Eles proporcionam uma experiência social divertida que pode ajudar a criar a aparência de interação pessoal real. No mínimo, você não vai se afastar odiando a empresa, como faria com a maioria das experiências de atendimento ao cliente que não são do bate-papo.

O que é tão fascinante sobre os chatbots é como a maioria das pessoas está disposta a “suspender a crença” quando estão lidando com elas. No fundo, você sabe que é apenas um monte de código. Mas eles ainda podem ser enganosamente inteligentes, especialmente quando são programados para ter uma persona real.

O chatbot de Katy Perry

Digamos, por exemplo, que você seja um fã de Katy Perry. Bem, ela tem dezenas de milhões de fãs no Facebook (69 milhões, para ser preciso), e não há como ela responder a cada fã. Então ela fez a próxima melhor coisa – ela criou um chatbot Katy Perry para o Facebook Messenger

Toda a experiência é bastante divertida. Por exemplo, assim que você começa a interagir com o bot, está correndo para aprender o máximo sobre você quanto possível com as informações que você já contou ao Facebook. Dentro de segundos (não mais espera em espera por 30 minutos!), O bot está convidando você pelo nome. E então dispara um GIF rápido de Katy acenando para o alô. Então, para superar o inevitável momento estranho de não saber o que dizer a esse bot, Katy está pedindo para você fazer todo tipo de coisas, como apertar botões para enviar "corações" e "balões". novos clipes de música e perguntando se você gostaria de comprar suas músicas. Em seguida, ela está pedindo sua localização e se você gostaria de saber sobre as datas futuras da turnê.

É tudo bastante inteligente – especialmente como o bot está constantemente procurando maneiras de vender coisas de uma maneira bonitinha e parecida com um bot. Você provavelmente aprenderá mais sobre Katy Perry em 3 minutos de interação com seu bot do que com qualquer outra forma de interação com um humano. Este é um novo tipo de experiência "social".

Chatbots são o futuro do atendimento ao cliente

Desde o início, toda a premissa das mídias sociais era que a interação pessoal individual seria possível com amigos e fãs. Mas adivinha o que? É impossível acompanhar centenas – se não milhares – de pessoas. Os chatbots podem não ser perfeitos, mas certamente criam um novo tipo de interação com o atendimento ao cliente, que na verdade é um pouco agradável. Isso é mais do que você pode dizer para a maioria das interações de atendimento ao cliente baseadas no telefone e na Web.

Visto Primeiro Aqui

Veja o post: icultgen.com.br/comprar-visualizacoes-instagram-para-videos-e-stories

Siga e curta nas redes sociais:

Deixe uma resposta